BLOG OSSIA

Toda semana com conteúdos sobre áudio, música e produção musical.

Este texto é baseado no vídeo “Qual COMPRESSOR devo usar na mixagem”, onde eu conto para você sobre o meu processo de criação e produção utilizando o compressor de mixagem. O vídeo e o texto vão ajudar você que tem dúvidas sobre o uso do compressor e como ele pode ser utilizado para melhorar a qualidade de sua mix.

 

Você sabe qual compressor escolher?

No texto de hoje nós vamos entender qual compressor se adapta melhor para ser utilizado em cada um dos pontos da mixagem. Existem várias opções que vão casar melhor dependendo da situação, material e principalmente objetivo desejado. Então darei alguns exemplos práticos de como escolher um compressor de mixagem.

Se você ainda não possui muito conhecimento sobre o funcionamento do compressor de mixagem, confere este vídeo que eu fiz ou este texto. Neles eu abordo os princípios básicos do funcionamento do compressor e como ele pode ser utilizado para alcançar o resultado esperado em sua mix.

Por dentro da mix

Este assunto sobre utilização de compressor de mixagem não foi escolhido por acaso. Eu frequentemente recebo perguntas de vocês sobre quais compressores utilizar e quais os melhores modelos. Se você quiser conhecer mais sobre este assunto, confira nosso curso Por Dentro da Mix. Lá eu detalho vários aspectos relacionados a utilização de compressores de mixagem e como eles são utilizados para melhorar a qualidade final do seu trabalho.

Note que durante o vídeo eu demonstro várias vezes como o compressor para mixagem é utilizado, por isso se você quer acompanhar com mais detalhes, assista também a versão em vídeo. Mas agora vamos para a parte prática!

 

Utilizando um compressor de mixagem

Para o primeiro exemplo eu estou utilizando um compressor que simula um Vari mu e ele está causando um efeito bem bacana, dando um certo warmth, um aspecto mais aveludado para a voz. Além disso, ele está segurando o sinal em nível de pico. Neste projeto este detalhe é muito importante, já que a voz possui bastante variação de dinâmica.

Aqui eu utilizo também um Fairchild 670 com um canal em mono. O canal principal da voz está endereçado para o Bx Opto, um compressor da Brainworks que simula um compressor óptico valvulado. Além do Bx Opto, estou usando outros compressores para garantir que a voz fique com o resultado que estou esperando para esta mix.

Eu já mostrei em outro vídeo a minha técnica de compressão em paralelo na voz e como eu somo a faixa não comprimida para aproveitar os níveis de pico da gravação original. Esta técnica faz com que a voz fique com um maior impacto e também uma maior presença. Mas a compressão em paralelo serve justamente para evitar que isso aconteça, permitindo que os picos passem do sinal e segurando o nível RMS.

Isso é especialmente indicado para uma compressão mais suave, onde já é possível começar a comprimir antes mesmo de atingir o threshold do instrumento. O compressor de mixagem que eu estou utilizando, o Vari mu, tem controle de imput, output gain e time constant. Este compressor específico não conta com controle de Ratio.

A utilização do compressor de mixagem neste projeto tem como principal objetivo trazer um calor, um toque aveludado para a música, além de segurar os níveis de pico principalmente na voz. Para chegar neste resultado, eu utilizei o timing mais rápido possível do compressor. É importante ressaltar que o compressor foi escolhido pensando justamente nestas características. Caso o resultado esperado e o estilo da música fosse outro, eu provavelmente utilizaria compressores e ajustaria o timing de maneira completamente diferente. Para ilustrar esta diferença, vou mostrar para você como utilizei o compressor de mixagem neste próximo projeto.

 

Um estilo diferente de mixagem utilizando compressores

Neste exemplo nós temos diferentes vozes no mesmo projeto, mas eu vou focar no compressor de mixagem utilizado em uma delas. Desta vez, o objetivo é deixar a voz mais densa, por isso o tratamento foi bem distinto do utilizado no exemplo anterior.

O compressor que vou utilizar é o Arousor, uma versão diferente da Empirical Labs do distressor. Ele tem algumas características bem interessantes, mas para este projeto eu vou usar o highpass filter e uma certa saturação harmônica que é justamente o objetivo original da escolha por este plugin. Ele conta também com uma opção de mix que pode comprimir parcialmente o sinal, fazendo uma espécie de compressão em paralelo. Neste projeto eu estou fazendo quase que uma compressão total, utilizando quase 80% da taxa de compressão.

Utilizando o compressor de mixagem da Empirical Labs que simulam transistors e válvulas através de vários circuitos integrados e transformadores de saída, eu consegui uma saturação que deixasse o resultado bem aveludado, exatamente o que a mix precisava.

Como você pode perceber, no primeiro exemplo eu utilizei o Vari mu para comprimir a voz com um ataque bem lento e um release também lento e utilizando a saturação bem elevada. O compressor de mixagem aqui, foi usado para dar mais sustentação na voz sem deixar que ela apresentasse muitos picos, segurando pelo release e mantendo um pouco do ataque original.

Já no segundo caso, utilizei o Arousor na percussão em paralelo, aumentando bastante a distorção harmônica com um ataque mais rápido e o release muito mais elevado. Para a bateria e o baixo deste projeto, eu coloquei bastante punsh e groove, deixando os dois bem unidos, fazendo uma boa base para a minha música.

 

Conclusão

Você percebeu que não existe uma receita de bolo para utilização do compressor de mixagem. Cada um deles funciona de uma maneira específica e cumpre uma função em cada  projeto. Os compressores são considerados ferramentas artísticas, já que as características únicas de cada um deles é usada para garantir um estilo de som específico e que se aproxime mais do resultado esperado. É importante praticar bastante e testar cada compressor para saber qual deles se adapta melhor ao estilo de sua música.

Glossário de áudio

Gostou deste material, mas ainda tem dúvidas com relação aos termos de mixagem e áudio? Então confira agora mesmo o nosso eBook Glossário de Áudio. Ele é atualizado frequentemente e conta com diversos termos e características próprias do mundo da mixagem.

Um abraço,

Alwin Monteiro.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *