Hans Zimmer – Estilo e inovações na trilha sonora

Reconhecido pela criação de inúmeras paisagens sonoras, Hans Zimmer tem um vasto curriculum com cerca de cem filmes, entre eles, Interstellar, Gladiador, Código da Vinci, Hannibal, Rei Leão e prêmios que incluem um Oscar, Globos de Ouro, Grammys e muitos outros.

hans-zimmer

Nascido em Frankfurt, o compositor alemão fez aulas de piano quando criança, mas a formalidade das aulas nunca o atraíram e sua curiosidade fazia com que modificasse a estrutura física do piano em busca de novas sonoridades. Essas “preparações do piano” encantavam seu pai, um engenheiro e inventor, que interpretava as mutações no instrumento como evoluções na tecnologia. Por outro lado, sua mãe, praticamente uma musicista, se espantava ao ver o filho sair do aprendizado tradicional do instrumento.

Iniciou sua carreira musical com as bandas pop Krakatoa e a new-age The Buggles, e, a partir dos anos 80 começou a produzir trilhas sonoras. Hans Zimmer fez várias parcerias com compositores de cinema, uma delas foi com o compositor de trilhas Stanley Myers (compositor de música original para mais de sessenta filmes) com quem fundou o estúdio de gravação Lillie Yard.

O estilo tradicional de Myers teve uma forte influência nele, mas dada a polivalência de Zimmer não há um exemplo único que englobe todas as suas características. O compositor navega fluentemente por várias linguagens. Entre elas:

  • O uso da voz de cantores e instrumentos tradicionais como elementos locais na narrativa, como em Black Hawk Down.

 

  • Parcerias com outros compositores/arranjadores/performers:

 

  • Gladiador, parceiria com a compositora Lisa Gerrard.

 

  • Melhor É Impossível, arranjos de Eric Idle

 

  • Mistura de instrumentos orquestrais com música eletrônica, principalmente com sintetizadores. Uma das principais características de Zimmer, que já fazia coisas parecidas quando trabalhava ao lado de Myers.
    • Interstellar – Nesse caso há, ainda, a participação de um órgão de tubos.
    • Call of Duty: Modern Warfare 2 – “Open Title” –

 

Hans Zimmer é um dos maiores nomes da trilha sonora na atualidade. Trata-se de um artista capaz de criar obras envolventes acrescentando importantes características à narrativa da obra audiovisual bem como uma assinatura estilística própria. Seu conhecimento de áudio e de composição o tornaram um dos precursores no uso de algumas tecnologias que hoje são comuns na composição e produção de trilha sonora.


 

videoaula MIDIVocê quer aprender um pouco mais sobre MIDI? Acesse a video Aula acima ou clique aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *